Arquivo da tag: 1998

Velvet Goldmine

Quando a purpurina vira poeira A compreensão de um indivíduo por bocas, olhos e ouvidos alheios é um interessante exercício que mistura fato e ficção dentro do universo de Velvet Goldmine, que se inspira em muitos músicos dos anos 1970, … Continuar lendo

Publicado em Críticas | Marcado com , , | Deixe um comentário

O Grande Lebowski

Por um tapete novo Jeff Bridges é Jeffrey Lebowski, um sujeito de vida modesta que passa o dia se drogando ou jogando boliche. Prefere ser chamado de “The Dude”, ou “O Cara”. Mas é apenas um cara qualquer, anônimo que … Continuar lendo

Publicado em Críticas | Marcado com , , | Deixe um comentário

Jogos, Trapaças e Dois Canos Fumegantes

O inimigo mora ao lado Câmera ágil, montagem videoclíptica e roteiro que relaciona núcleos de personagens, de um jeito ou de outro: em 1998, Guy Richie era um desconhecido cineasta inglês. Seu primeiro longa-metragem, Jogos, Trapaças e Dois Canos Fumegantes, deu … Continuar lendo

Publicado em Críticas | Marcado com , | Deixe um comentário

Elizabeth

O peso da coroa Relatos históricos são maniqueístas. A luta do bem contra o mal é a dos vencedores contra os perdedores, que os primeiros contam. Visto desse modo, não surpreende que a protagonista de Elizabeth soe como vítima ou pressionada, … Continuar lendo

Publicado em Críticas | Marcado com , | Deixe um comentário

Cidade dos Anjos

Pode-se dizer que Cidade dos Anjos é (mal) inspirado em Asas do Desejo, de 1987, mas não que é uma refilmagem. Apesar de usar alguns elementos do filme alemão, o norte-americano opta por uma abordagem mais simples e popular. Ele deixa … Continuar lendo

Publicado em Críticas | Marcado com , , | Deixe um comentário